Bem Vindo ao Espaço Più Vita.

Atendimento: Segunda a sexta-feira, das 7h às 20h
  Contato : (65) 3056-7800

Ano novo, vida nova!

Começar um estilo de vida saudável requer muita força de vontade, pois é preciso querer e encarar a mudança de hábito sem pressa, sem “estresse”, sem tanta “cobrança interna” e ir caminhando e conquistando suas novas escolhas à longo prazo e no seu tempo.

Podemos comparar o seu corpo, como se fosse construir uma “nova” casa, por exemplo. Diariamente 50.000.000 de células se renovam no seu organismo, desta maneira, todos os dias você tem chance de renovar uma célula ruim/doente em uma célula mais saudável. Isso acontece através de nutrientes que você absorve (lembrando que para absorção eficiente é preciso de um intestino íntegro e funcionante). Primeiramente, para você conquistar e chegar em um resultado duradouro, é necessário entender a grande diferença entre “fazer dieta X viver um estilo de vida saudável”. Viver um estilo de vida saudável não é adotar consumo de produtos diet, light, sem lactose, fitness e adoçantes artificiais (aspartame, sucralose…). Ser saudável não é ter um “baixo” valor calórico, não é ter restrição disso ou daquilo. Ser saudável não é ser “magra(o)”, não é comprar “shakes” prontos , não é viver contando calorias de tudo o que você come ao longo do dia. Ser saudável não é deixar de jantar ou substituir o jantar por um “lanchinho”,  não é viver de sopa, não é se adaptar a dia OFF ou dia do LIXO, não é deixar de comer carboidrato, não é comer peito de peru, gelatina, não é comer presunto light/magro, margarina, requeijão light, iogurte desnatado 0% .Ser saudável não é muito menos, deixar de se socializar com pessoas queridas por não saber se o restaurante terá opção de macarrão sem glúten ou batata doce. Ser saudável não é deixar de comer uma torta de chocolate feita com muito carinho pela sua mãe, tia, avó, amiga, namorado, esposo, noivo, porque contém açúcar, glúten, lácteos e farinha branca. Ser saudável não é restringir tudo e deixar de participar de momentos importantes. Radicalismo em qualquer nível vira neurose e ser saudável não é ser neurótico. Ser saudável, é entender que essas “exceções” existem. Aquele desejo incontrolável por doces ou massas acabam diminuindo ou pelo menos sendo mais fáceis de controlar e até mesmo negar naturalmente porque você conseguiu construir um organismo equilibrado internamente. Ser saudável também não é comer só fruta o dia inteiro, não é viver de barrinha de cereal e nem substituir o pão pela tapioca. O resultado duradouro que você tanto busca começa a acontecer quando você trabalha a sua mente e se dá conta que “ser saudável” não é um projeto verão, projeto viagem ou projeto noiva. Ser saudável é infinitamente mais amplo, é ter uma alimentação extremamente variada que garanta todas as suas as necessidades físicas e biológicas hoje, amanhã, depois de amanhã e daqui 30 anos. Ser saudável é oferecer nutrição celular ao seu organismo. É comer mais “comida”, aquela comida que sua avó/bisavó estava adaptada a comer anos atrás, essa “comida” o seu organismo reconhece, gosta e transforma em nutrientes. Ser saudável é ter uma boa digestão, é cuidar da saúde óssea, da saúde da visão, da saúde emocional, é cuidar dos seus GENES, é ter um sistema imunológico atuante, é ser uma pessoa mais calma, menos ansiosa e menos estressado (a). Ser saudável é dormir bem a noite inteira e ter um intestino funcionante. Ser saudável é cuidar do seu bem mais valioso: a sua saúde. Ninguém vende ou dá de presente saúde, somos nós mesmo que a conquistamos.

Wânia Monteiro é Nutricionista na Più Vita